A questao Ecumenica

12-01-2010 15:40

 

A questao ecumenica sempre foi delicada em algumas denominacoes. 

Para tal e' necessari definir o que seja ecumenismo ou movimento ecumenico, para que possamos caminhar em nossas observacoes. O termo generico e pode abrigar varias tendencias. A origem da palavra ecumenismo e' grega. Vem de "oikoumeniko's", realtivo a totalidade do mundo habitado, o universo. Em termos religiosos, a palavra ganhou o significado de movimento que entende haver uma base unica de fe entre as diversas religioes cristas, e por isso propoe o dialogo.

Comentando a posicao energica do apostolo Paulo que defendia a exclusao dos judaizantes do convivio com os demais cristaos da Galacia, por considera-los representantes de um cristianismo impuro.

Nem todos pensam assim. Uma parcela dos lideres evangelicos pensa ser possivel estabelecer um dialogo ecumenico, na certeza de que os pontos comuns sao maior numero do que os divergentes. Nesse sentido, foi estabelecido um Credo Basico, sob o qual todos se abrigariam:

1) Um unico Deus: Pai, Filho e Espirito Santo;

2) Jesus Cristo como meu Salvador, meu Senhor e meu Deus;

3) A B[iblia como final no que se refere a fe e a moral;

4) Amor, aceitacao e plena comunhao com todos soq ue confessem sua obediencia a Deus por meio de Cristo;

5) Nosso compromisso de continuar o ministerio holistico de Jesus na evangelizacao e na acao social a um mundo perdido.

De fato muitos consideram a fragmentacao protestante ocorrida no passado e trazida ate nossos dias." um escandalo que nao pode ser facilmente explicado ao mundo". Dai' por que o ecumenismo seria uma tentativa de minimizar as intrigas e estabelecer pontos de contato geradores de crescimento mutuo. 

 

Origens do movimento ecumenico

 

Agostinho, usada por Meldenius, pseudonimo de um pastor luterano, a qual desde 1626 e' veiculada nos circulos protestatnes: " Em coisas necessarias, unidade; em coisas nao necessarias, liberdade; e em todas as coisas, caridade". Por este exemplo se percebe que a genese ecumenica e' antiga e ja no contexto pluralista religioso, decorrente da Reforma Protestante, encontrava seus adeptos.

Foi em emados do seculo XIX, porem, que o movimento ecumenico ganhou impluso e comecou a se estabelecer na forma como o conhecemos hoje. Williston Walker,, em sua Historia da Igreja Crista, estabelece como ponto de partida para o ecumenismo moderno os moivmentos missionarios do seculo passado eas assosicaloes e encontros missionarios iniciados em 1854 em Nova York e Londres, alcancado escala mundial.

Diversos encontros e movimentos surgiram nessa cmainhada ecumenica e adentraram o seculo XX. Williston Walker resume a proposta ecumenica em seis areas de iteresse:

1) Atuacao na esfera missionaria;

2) O trabalho desenvolvido pela juventude e tambem na area de educacao crista.

3) Desenvolvimento do servico cristao e acao etica comum;

4) Avaliacao das diferencas doutrinarias;

50 Uniao organica entre igrejas;

6) A formacao de relacoes denominacionais amigaveis em todo o mundo.

Todos os congressos e movimetnos que se realizaram objetivando a consecucao desses propositos culminaram na criacao, em 1948m em Amsterdan, Holanda, do Conselho Mundial de Igrejas, que pode ser considereado a expressaomaxiama do exumenismo munidal.

O CMI, a principio, caracterizou-se como uma reuniao das igrejas evangelicas. Num segundo estagio, inclui a Igreja Ortodoxa Oriental, e numa terceira etapa incorporou a Igreja Catolica Romana.

Tipos de Ecumenismo

As varias facetas da historia do Conselho Munidal de igrejas no dao elementos norteadores para o estabelecimento das tendencias ecumenicas ou as formas com que o ecumenismo se apresenta. Chamarei isso de ecumenismo: de organizacao, de cooperacao e de ideias. Vejamos por partes:

1) Ecumenismo de organizacao - O que seria esse tipo de ecumenismo?Nessa categoria vamos encontrar o ecumenismo que visa a uniao organica das igrejas, ou seja, aglutinacao de denominacoes, visando criar uma nova estrutura, diminuindo assim as fragmentacoes. Pode ser entendido em tres niveis:

a) Uniao organica entre denominacoes de uma mesma linha. Foi o que aconteceu com as igrejas presbiterianas escocesas, United Secession e Relief, que se fundiram em 1847, sob a denominacao de Igreja Presbiteriana Unida.

b) Uniao entre denominacoes diferentes. Temos como exemplo o que aocnteceu no Canada. Depois de um longo processo em que houve aglutinacoes dentro do presbiterianismo, metodismo e congregacionalismo, este se fundiram, formando em 1925 a Igreja Unida do Canada. Os batista e anglicanos ficaram de fora..

c)Uniao entre evangelicoso e catolicos. Nesse caso nao temos exemplos a citar, mas para alguns esta e a grande meta do catolicismo. O Cardeal Agostinho Bea, em que disse de " um convite de retorno ao rebanho universal confiado por Cristo a Sao Pedro". A Igreja Catolica Romana esta trabalhando em silencio para dominar a cristandade.

2. Ecumenismo de cooperacao. Nesse tipo de ecumenismo estao enquandrados varias formas de cooperacao entre as igrejas cristas. Ou seja, nao se concorda com uma uniao organica, mas os cristaos se congregam para mutuas cooperacoes em areas especificas: evangelizacao, missoes, educacao, acao social etc.

Ainda nesse tipo encontramos uma sub-divisao: Os que aceitam o ecumenismo de cooperacao somente entre os evangelicos e os que nao se opoem a inclusao dos catolicos.

Um exemplo de ecumenismo de cooperacao sao as cruzadas Billy Graham, onde participam varias igrejas cristas.

3. Ecumenismo de ideias - Nesse tipo de ecumenismo encontramos uma nova modalidade. Mantem-se as estruturas,mantem-se as atividades separadas, mas compartilham ideias. Dai a realizacao de encontros, simposios, congressos etc. Tambem nesse tipo de compartilhamentos acontece a distincao: evangelico-evangelico e evangelico-catolico.

Nesse tipo, podemos citar a consulta de Lausanne, dentre outros exemplos.

Na verdade essas tipologias tambem podem ser vistas como etapas de um processo ecumenico, bem como podem ser encontradas num so escopo. Hoje tambem se fala num dialaogo com religioes nao-cristas. So o futuro dira a que levara o movimento ecumenico.

Conclusao.

As vantagens oriundas de uma aproximacao ecumenica seriam em numero inferior as desvantagens;

O ecumenismo tende a enfraquecer, atraves do sempre presente convite a tolerancia, os principios biblicos defendidos pela igreja evangelica.

Essas sao as realidades que se fzer presentes no contexto de hoje. Devemos estar sempre orando sobre o assunto, afim de que as nossas decisoes sejam tomadas com sabedoria e gruto da atuacao clara e inequivoca do Espirito Santos em nossas vidas.

 

TExto adaptado do estudo para EBD de Josue Ebenezer de Sousa Soares.1991